Florianópolis sanciona lei para melhorar a qualidade de vida dos 60+

Nesta segunda-feira, 17, a Prefeitura Municipal de Florianópolis sancionou a lei que institui o decreto Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa (EBAPI). O decreto visa promover a qualidade de vida das pessoas idosas e garantir o envelhecimento ativo e saudável, para a efetivação da Política Nacional da Pessoa Idosa através de políticas públicas e ações que atendam às necessidades desse segmento da população.

Florianópolis está entre as melhores cidades do país para envelhecer, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (IDL). O município já realizou o diagnóstico, o plano municipal e com a aprovação da Lei, os próximos passos envolvem a execução das ações que englobam 8 dimensões: ambiente físico, transporte e mobilidade, moradia, participação, respeito e inclusão, comunicação e informação, oportunidades de aprendizagem, saúde e cuidado. Todo o plano foi realizado em parceria com o Conselho Municipal da Pessoa Idosa e a Assessoria de Políticas Públicas para Pessoa Idosa, órgão do município que trabalha com direitos desta população

Os municípios que se destacarem na implementação dessas ações serão reconhecidos pelo Governo Federal e receberão certificados e selos, que atestam a eficiência e a eficácia das políticas oferecidas às pessoas idosas. “É um passo a mais para regulamentar políticas que o município já realiza e agora, pode reforçar a partir da sanção da lei”, explica o prefeito de Florianópolis, Topázio Neto. Ao adotar esta estratégia, que usa uma metodologia baseada na Organização Mundial da Saúde (OMS), o município busca olhar para as suas potencialidades e desafios e se compromete a adaptar as suas estruturas e serviços para as necessidades das pessoas idosas.

Crédito: Allan Carvalho/PMF