Peça de teatro “SOCORRO! Meu pai é Argentino e de Direita”

Depois do grande sucesso em São Paulo e em Caxias do Sul/RS, a peça  “Socorro! Meu pai é Argentino e de Direita” será apresentada no Teatro Ademir Rosa (CIC), em Florianópolis, no dia 25 de maio, às 20h30. Solidária aos gaúchos que sofrem com as enchentes, a direção do espetáculo lançou uma campanha: todo o lucro das vendas dos ingressos realizadas até domingo (19) será revertido em doações ao povo do Rio Grande do Sul. Os ingressos estão disponíveis no Sympla.

O diretor da peça, Pedro Casali, reforça a importância da solidariedade. “É um momento muito delicado e queremos ajudar os atingidos nesta catástrofe. O nosso convite é este: venha ajudar o próximo e se divertir conosco nesta comédia”.

Casali é filho de pai argentino e mãe brasileira. Quando ainda era jovem, seu pai o aconselhou a deixar a arte como hobby e investir em outra carreira e, assim, ele se formou em Publicidade e Propaganda, na Faculdade Belas Artes, em São Paulo. Anos depois, com a morte do pai, Casali usou a comédia como suporte para enfrentar o luto. De lá para cá, grande parte de suas obras teatrais envolvem os dois países Argentina e Brasil como enredo principal. Embora tenha apenas 37 anos, Casali já tem uma trajetória bem produtiva: é roteirista, diretor, ator, humorista, escritor, professor e preparador de elenco, inclusive do quadro “Acredite em Quem Quiser”, do Domingão com Hulk, na TV Globo.

“Socorro! Meu pai é Argentino e de Direita” aborda a política e as relações familiares de forma engraçada. Com diálogos rápidos e humor afiado, os atores Gustavo Segré, Gonçalo Segré e Bárbara Pochetto farão o público rir alto e se surpreender com reviravoltas inesperadas.

Segundo Gustavo, esta é uma peça para assistir em família ou com aquele amigo que tem opinião política diferente da sua. “Tenho certeza que vocês vão se identificar e darão muita risada com as ironias e piadas que contamos, tanto da esquerda quanto da direita”.

Além disso, o ator destaca que a peça reforça a importância da harmonia mesmo com pensamentos divergentes. “Vale a pena, mesmo tendo um pensamento diferente, manter a amizade, os vínculos e a família independente da ideologia política”.

Gustavo Segré é argentino e mora no Brasil há 40 anos, mas seu sotaque não nega as origens. Formado em economia, administração e ciências contábeis, esta é a primeira peça que ele atua, realizando seu grande sonho de subir no palco. Tudo isso torna-se ainda mais especial por atuar ao lado de seu filho, o ator Gonçalo Segré. Além disso, Gustavo é cantor de tangos e boleros e promete dar uma palhinha de seu dom no palco.

SOS RIO GRANDE DO SUL

O Centro Integrado de Cultura (CIC) continua sendo um ponto de coleta de doações para os amigos gaúchos que sofrem com as enchentes. Além de reverter os lucros desta semana em doações, o elenco e todos os envolvidos na peça “Socorro! Meu pai é Argentino e de Direita” pedem que o público leve suas doações no dia do evento.

Os itens que serão arrecadados pela Fundação Catarinense de Cultura incluem roupas de cama, roupas de banho, cobertores, água potável, produtos de higiene pessoal (escovas de dentes, lenços umedecidos, absorventes, fraldas etc.), ração animal e cestas básicas. O CIC receberá as doações de segunda a domingo, das 10h às 21h.

SERVIÇO

O QUÊ? “SOCORRO! Meu pai é Argentino e de Direita”

QUANDO? 25 de maio, às 20h30

ONDE? Teatro Ademir Rosa (CIC) – Florianópolis

INGRESSOS? Sympla – “SOCORRO! MEU PAI É ARGENTINO E DE DIREITA” – Sympla Bileto – Compre seu ingresso online

CLASSIFICAÇÃO? Para maiores de 14 anos

Foto da peça: Pic2You Foto do Casali – arquivo pessoal