Festival gratuito de Curtas no CIC

O Festival Inflamável chega à sua terceira edição, com o patrocínio do Prêmio Catarinense de Cinema, Fundação Catarinense de Cultura, Governo de Santa Catarina e apoio do Museu de Florianópolis – Sérgio Grando. O evento acontecerá de 4 a 7 de abril de 2024 na sala de cinema Gilberto Gerlach no Centro Integrado de Cultura (CIC) e no espaço expositivo do MIS-SC, ambos em Florianópolis. Toda a programação é gratuita.

Na noite de abertura do Festival,  estreia em Florianópolis o filme “Aqui Onde Tudo Acaba” (2023,19min), com direção de Cláudia Cárdenas e Juce Filho. Já noite de sábado (06/03), acontece a estreia do filme argentino “El Pensamento Analógico” (2023, 80min), de Paulo Pécora.

Na programação  do último dia do Festival será exibida uma sessão em homenagem a Celso dos Santos, produtor, professor, cineasta e criador do FAM-Festival de Audiovisual do Mercosul, recentemente falecido.

O Duo Strangloscope, composto pelos cineastas radicados em Florianópolis Cláudia Cárdenas e Rafael Schlichting, assinam o projeto artístico e curadoria do Festival Inflamável, e Maria Emília Azevedo a direção executiva numa produção da Dois Plátanos e co-produção da Câmera Olho Filmes.

Trata-se de uma iniciativa única no Estado de Santa Catarina, pois é o único festival catarinense de cinema com projeção de filmes em Super 8 e em 16mm. Os formatos analógico-fotoquímicos, que por grande parte das pessoas parecem ter sido extinguidos, voltam com força total em produções de cinema do mundo inteiro.

Ressurgem os laboratórios de revelação, proliferam as produções de filmes de publicidade, de moda, filmes de surf e outros esportes, filmes de casamento, além de filmes de cinema comercial e de cinema experimental em todos os cantos do planeta. Os filmes realizados em diferentes bitolas fílmicas movimentam a cadeia de produção em Super 8 e em 16mm.

Optando por oferecer um festival de curtas experimentais  em Tomada Única de Super 8, o Festival Inflamável nesta edição amplia as sessões de exibição, performance e instalação para os trabalhos realizados também em 16mm.

Programação

O Festival Inflamável terá uma programação composta por:

* Sessões Competitivas de curtas exibidos em Super 8,

* Sessões de curtas Super 8 e 16mm digitalizados que participarão da competição atribuída pelo júri popular,

* Sessão de curtas Dissonância de filmes em Super 8 e 16mm de realizadoras latinoamericanas experimentais sob curadoria de Ana Villanueva,

*Sessão de curtas em Super 8 do Projeto 8 por 8 – Renovação do Ciclo de Cinema em Super 8 na Paraíba,

* Debates com realizadores,

* Oficina gratuita de “Projeções Múltiplas em Instalações Artísticas” com a cineasta argentina Ana VIllanueva,

* Oficina Gratuita “Escrever um Poema de Imagens Colando Vestígios” com a fotógrafa experimental Samantha Ortega,

* Performance Palimpsesto de Moira Lacowicz e Francisco Silveira, * Performance Orogenesis, de Samanta Ortega,

* Sessão de estréia no Brasil do longa-metragem documental argentino “El pensamiento analógico”, de Paulo Pécora que estará presente e oferecerá uma masterclass sobre a realização de seu filme,

* Sessão de estreia em Florianópolis do premiado curta-metragem documental experimental Aqui Onde Tudo Acaba, de Cláudia Cárdenas e Juce Filho.

* Sessão de Premiação dos filmes concorrentes em diferentes modalidades.

* Exposição de Instalação audiovisual experimental fílmico na sala expositiva do Museu da Imagem e do Som.