Prêmio Sebrae de Jornalismo

O Sebrae/SC anunciou pela primeira vez premiação em dinheiro para os vencedores da etapa estadual da 10ª edição do Prêmio Sebrae de Jornalismo, que reverencia as melhores notícias sobre empreendedorismo e pequenos negócios veiculadas em diferentes canais da imprensa. Neste ano, o vencedor de cada categoria da etapa de Santa Catarina vai receber R$5 mil, o segundo lugar R$3 mil e o terceiro lugar R$2mil. Todos também recebem troféu e certificado. A premiação total soma R$40mil.

Os vencedores na etapa estadual concorrem na etapa regional e depois na etapa nacional da premiação. As inscrições seguem abertas e podem ser realizadas até 5 de junho no site: https://premiosebraejornalismo.com.br/. Serão aceitos trabalhos produzidos entre 1º de janeiro de 2022 até o dia 4 de junho de 2023 em quatro categorias: texto, áudio, vídeo e foto.

A gestora do Prêmio Sebrae de Jornalismo em Santa Catarina, Juliane Schveitzer da Silva, explica que o reconhecimento em dinheiro é mais uma maneira de valorizar o trabalho da imprensa catarinense. “Estamos na décima edição do Prêmio e sempre tivemos uma adesão muito boa da imprensa catarinense, mesmo quando não tínhamos prêmio em dinheiro. Esse ano buscamos essa alternativa para valorizar ainda mais o trabalho da imprensa, que é fundamental no apoio aos pequenos negócios e ao trabalho que o Sebrae executa no Estado. Estamos muito felizes com essa possibilidade e esperamos que os jornalistas se empolguem ainda mais, produzindo matérias para o prêmio e inscrevendo seus trabalhos”, comenta.

O Prêmio Sebrae de Jornalismo é uma iniciativa do Sebrae Nacional que visa reconhecer os trabalhos realizados por profissionais da imprensa que contribuem para fortalecer o empreendedorismo brasileiro, evidenciando em matérias temas relacionados ao universo de microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte.

O tema central desta edição é “A contribuição dos pequenos negócios para o desenvolvimento econômico e social do país”. As reportagens poderão se encaixar em temáticas que englobam o universo dos pequenos negócios: empreendedorismo, produtividade e competitividade, inovação e startups, inclusão produtiva e sustentabilidade, transformação digital, políticas públicas e legislação, acesso a crédito, e empreendedorismo social.

Na última edição, Santa Catarina foi vencedora na categoria especial Jornalista Revelação, uma oportunidade para jovens talentos do jornalismo mostrarem seu potencial, em que participaram profissionais de até 25 anos com atuação em qualquer veículo de imprensa. A reportagem da jornalista Daniela Milena Ceccon, da NDTV Record TV, ficou em primeiro lugar ao contar como o Centro de Triagem da Associação Pró-Crep, na região sul de Palhoça, em Santa Catarina, tem gerado renda para famílias que atuam com reciclagem.

Após passar pela etapa estadual, os jornalistas concorrem na etapa regional, que classifica para a nacional. Os vencedores da etapa nacional receberão troféus e equipamentos de trabalho.