Polícia Militar de Santa Catarina é a mais bem avaliada do país com 74% de aprovação

Santa Catarina é o estado onde a Polícia Militar tem a maior aprovação entre a população, com 74% de menções favoráveis. Na sequência, aparecem Ceará (71%) e Mato Grosso do Sul (67%). Os números foram revelados nesta quinta-feira, 27, por uma pesquisa da Genial/Quaest, que mostrou a avaliação de brasileiros com relação aos serviços prestados pela PM. O levantamento entrevistou 2.015 eleitores entre os dias 13 e 16 de abril

“O resultado mostra o que já sabíamos, que as nossas forças de segurança são preparadas, dedicadas, diferenciadas, com este reconhecimento especial ao trabalho da Polícia Militar, reconhecido merecidamente pela população. E estamos trabalhando para melhorar ainda mais, agora com policiais em todas as escolas. É uma união de esforços que dá resultado na prática”, avalia o governador Jorginho Mello.

O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Aurélio Pelozato da Rosa, parabenizou todos os policiais militares catarinenses, que defendem os cidadãos mesmo com o risco da própria vida. “Recebemos com muita alegria e satisfação o resultado da pesquisa apontando a PMSC como a melhor corporação avaliada no ranking de todos os estados da Federação, com 74% de aprovação. Isso demonstra a qualidade e a responsabilidade do serviço prestado pelos nossos policiais. Tenho muito orgulho da nossa corporação”, completou.

Investimento em segurança

Nos primeiros meses de 2023 o governo inaugurou delegacias e bases militares, como o novo posto de referência em Chapecó, o novo quartel em Alfredo Wagner, a nova base operacional em São José, a nova sede da Delegacia Regional em Araranguá e a inauguração da primeira Divisão de Proteção Animal do estado, na Grande Florianópolis.

No mesmo período, o governo entregou mais de 200 viaturas para as polícias Civil, Militar, Científica e o Corpo de Bombeiros Militar, como forma de fortalecer e equipar o conjunto das forças de segurança.

De acordo com a Polícia Civil, Santa Catarina teve 22% menos roubos, 12% menos furtos e roubos de veículos e 60% menos latrocínios. A Diretoria de Investigações Criminais apreendeu mais de 22 milhões em bens do crime organizado e houve um aumento de até 376% na apreensão de drogas.

Foto: Eduardo Valente / Secom