Oficinas gratuitas do 1º Festival Choro Mulheril

Pensado para ampliar a difusão da linguagem musical do Choro, com ações de ensino, formação e atrações artísticas, a primeira edição do Festival Choro Mulheril está com inscrições abertas até quinta-feira (16), para workshops de instrumentos solistas, percussivos e harmônicos com nomes nacionais do gênero brasileiro: Daniela Spielmann (RJ), saxofonista, flautista, compositora, arranjadora e professora; e Larissa Umaytá (DF), percussionista, produtora e educadora.

Além das oficinas com convidadas nacionais, o festival também oferece os Workshops Mulheril, que serão ministrados por musicistas e professoras residentes do projeto: Angela Coltri, flautista, arranjadora, compositora e professora; Natália Livramento, violonista, compositora e educadora musical; e Thayan Martins, percussionista e educadora.

O evento, que ocorre de 18 a 23 de junho, é uma produção cultural do Choro Mulheril, grupo que desde 2022 contribui para que instrumentistas e compositoras mulheres conquistem seus espaços em rodas, palcos e produções musicais. No entanto, todos são bem-vindos, as inscrições estão abertas para homens, mulheres e pessoas de gênero diverso, desde que já sejam iniciados no estilo e que possuam o próprio instrumento: https://bit.ly/InscriçõesChoroMulheril. A inscrição não garante a vaga se houver alta procura e, neste caso, haverá uma seleção por meio de critérios socioeconômicos, priorizando minorias.

A organização também oferece bolsas de estudos de R$ 400,00 para instrumentistas catarinenses residentes em outras cidades, como ajuda de custo para deslocamento e alimentação. Cinco bolsas serão garantidas com verba do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura (2023) e outras seis serão financiadas via Lei Paulo Gustavo, por meio do edital 37/2023, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC). O pedido de bolsa deverá ser feito no mesmo formulário de inscrição acima. Terão prioridade na seleção das bolsas mulheres e diversidades de gênero, pessoas pretas e indígenas, PCD e baixa renda.

As aulas serão de terça (18/6) a sábado (22/6), no Centro Cultural Silveira de Souza, na região central da cidade, e nos contraturnos os alunos serão divididos em grupos para estudo de repertório com o auxílio de mentoras – integrantes do coletivo Choro Mulheril. “O festival proporcionará, através das oficinas, acesso a novos pontos de vista e informações vindas de instrumentistas experientes com longa atuação profissional no choro”, diz Angela Coltri, uma das idealizadoras do projeto.

Além das oficinas e práticas de repertório, o evento terá uma programação geral com shows gratuitos e abertos ao público, como o de Nilze Carvalho, bandolinista e compositora reconhecida internacionalmente por sua carreira na música popular brasileira.

A realização do 1º Festival Choro Mulheril é garantida com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura (2023) e pela Lei Paulo Gustavo, por meio do edital 37/2023, da FCC. Apoio: À Brasileira Souvenirs, Bares Bugio, Fundação Franklin Cascaes e Mercure Hotel.

 Roda de Choro Mulheril é um espaço construído de forma coletiva, um lugar de acolhimento, representatividade e de muita música! Ela acontece semanalmente, todos os sábados, a partir das 13h, na Centro Bugio, localizada na Victor Meirelles -112, no Centro de Florianópolis. A Roda é aberta para todes que quiserem participar e se aproximar do Choro. Acompanhe a roda no Instagram: https://www.instagram.com/rodadechoromulheril.

Serviço

1º Festival Choro Mulheril

18 a 23/06 – Centro Histórico de Florianópolis-SC

Inscrições e pedidos de bolsa: https://bit.ly/InscriçõesChoroMulheril

Programação – Workshop Mulheril:

  • Oficinas com Angela Coltri (instrumentos solistas), Natália Livramento (instrumentos harmônicos), Thayan Martins (instrumentos percussivos)

Datas: 18,19 e 20/06

Horário: 15h às 17h

  • Oficinas de Prática de Conjunto

Datas: 18,19 e 20/06.

Horário: 17h30 às 19h

  • Oficinas com Daniela Spilemann (instrumentos solistas), Larissa Umaytá (instrumentos percussivos) e instrumentos harmônicos (professora à definir)

Datas: 21 e 22/06

Horário: 9h30 às 11h30

Foto: Luiza Pimenta.