Inscrições gratuitas para oficina de dança com o coreógrafo e bailarino Hugo Lopes

O bailarino Hugo Lopes, do Rio de Janeiro, ministra no dia 13 de julho a oficina Vivência em Dança Contemporânea. O workshop é gratuito e integra a programação do 21º Dança em Trânsito, mais importante e longevo festival de dança contemporânea do Brasil que este ano percorrerá 33 cidades em 5 regiões do país. Em Florianópolis, o evento será nos dias 13 e 14 de julho. Toda a programação é gratuita.

As inscrições para a oficina com o renomado bailarino do grupo franco-brasileiro Tapias podem ser feitas neste link e são gratuitas. O encontro será das 11h às 13h na Cenarium Escola de Dança, no bairro Itacorubi.

Com um olhar contemporâneo sobre o movimento e com vivências acrobáticas, a aula propõe dinâmicas de improviso, pesquisas individuais sobre fragmentação, continuidade, densidade e gestual, técnica de chão, diagonais e células coreográficas.

Além da formação em dança, Hugo é ex-ginasta profissional, campeão brasileiro que integrou a seleção em competições internacionais.  Já atuou com vários coreógrafos em trabalhos para o teatro, cinema, TV e grandes eventos. Atualmente integra o elenco do Grupo Tápias e da Renato Vieira Cia de Dança.

As oficinas são uma tradição do Dança em Trânsito, que propõe espaços de troca e capacitação pelas cidades por onde passa. O propósito é oferecer a possibilidade de reflexão sobre as próprias práticas, ao mesmo tempo em que promove um intercâmbio de culturas e diversidades entre artistas de cada região.

21º Dança em Trânsito passa por Floripa nos dias 13 e 14

Há 21 anos, o projeto Dança em Trânsito reúne apresentações artísticas, formação, capacitação, reflexão e intercâmbio entre grupos de dança de diversas cidades do Brasil e do mundo. É um festival plural e itinerante, que possibilita trocas de experiências entre artistas e companhias nacionais e internacionais convidadas, e ainda incentiva o desenvolvimento das linguagens da dança.

Para compor as programações das cidades, foram selecionados artistas e companhias brasileiras de norte a sul do Brasil, assim como artistas e companhias internacionais.

Em Florianópolis, o evento será nos dias 13 e 14 de julho com oficina e espetáculos gratuitos.  Ao longo de dois dias, o Dança em Trânsito promove apresentações gratuitas de companhias e bailarinos consagrados no Brasil e América Latina, além de uma oficina.

 

A abertura será na quinta (13), às 20h30, com o espetáculo Café não é só Uma Xícara, do Grupo Tápias (Rio de Janeiro/RJ e Paris, França). Na sexta (14), a Rua Victor Meirelles, no Centro Histórico, será palco das outras quatro performances a partir das 19h30, ao ar livre, próximo ao Bugio Bar.

A primeira será apresentada pelo uruguaio Christian Moyano, com a coreografia Você Deveria Ficar (15 min). O grupo paulistano T.F. Cia de Dança performa na sequência, com o espetáculo Corpos de Fronteira (37 min).  O encerramento será com a Sutil Companhia de Dança, de Curitiba, com a montagem Olha pra Min (15 min).

Foto: Fernanda Valois