Espetáculo infantil gratuito em homenagem a Clarice Lispector

São José e Florianópolis (SC) receberão a nova turnê do espetáculo “O ovo, a galinha e a máquina de escrever”, do Coletivo Mar Cultural. A peça-homenagem à autora Clarice Lispector terá apresentações gratuitas em escolas públicas de oito cidades de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul nos meses de junho e julho deste ano. O projeto conta com o patrocínio da Statkraft, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Ao todo, o projeto contará com 24 apresentações e três oficinas de escrita. As cidades contempladas pela iniciativa são: São José, Florianópolis, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara, em Santa Catarina, e Nonoai, Faxinalzinho e Erval Grande, no Rio Grande do Sul. Duas apresentações terão acessibilidade em Libras.

As apresentações da turnê iniciam na segunda-feira, 10 de junho, no Grupo Escolar Francisco Tolentino, em São José. Serão contemplados cerca de 300 alunos da cidade do 1º ao 5º ano. Além disso, haverá uma oficina de Escrita Criativa para alunos da Educação para Jovens e Adultos (EJA) das escolas Altino Flores, no dia 1º de julho, e Sebastião Corrêa – Ceniro Martins, no dia 2 de julho.

Na capital catarinense, o espetáculo infantil circulará de terça-feira, 11 de junho, até sexta, dia 14. Serão contemplados mais de 1.100 alunos das escolas Brigadeiro Eduardo Gomes, Tapera, Maria Conceição e Osvaldo Machado. Uma oficina de Escrita Criativa também está prevista para estudantes da EJA da Escola Adotiva Liberato Valentim, no dia 3 de julho.

Espetáculo-brincadeira

“O ovo, a galinha e a máquina de escrever” explora o universo de Clarice Lispector, sua vida e obra, fazendo do teatro um grande brinquedo de montar e desmontar narrativas, movimentos, imagens, palavras e símbolos. O espetáculo-brincadeira é indicado para todas as idades, com foco no público de 6 a 11 anos. A peça, que tem no elenco as atrizes Marina Monteiro e Loren Fischer, já circulou por alguns estados brasileiros, com 125 apresentações gratuitas em escolas públicas. A iniciativa pretende aproximar as crianças da literatura e da obra da autora Clarice Lispector.

“Precisamos celebrar as nossas escritoras e Clarice Lispector possui uma produção para infância muito potente, que respeita a curiosidade e a inteligência da criança. Esperamos que a circulação deste espetáculo seja uma porta aberta para que as crianças conheçam a literatura que Clarice criou para elas, que abram seus livros e deixem correr solta a imaginação, que brinquem e que se sintam respeitadas em suas infâncias”, afirma Marina Monteiro, atriz e dramaturga da peça.

O espetáculo “O ovo, a galinha e a máquina de escrever” é uma realização do Coletivo Mar Cultural, de Florianópolis, cuja motivação é circular arte e cultura por diversos lugares, a partir do encontro entre linguagens e pessoas. Mais informações no site www.coletivomarcultural.com ou Instagram @coletivomarcultural.

Sinopse:

“O ovo, a galinha e a máquina de escrever” é uma peça-homenagem, um teatro-brincadeira e uma grande dança pelo universo da vida e da obra de Clarice Lispector. Nesse território, teremos direito à filosofia, ao humor, a dançar feito galinha, a viver uma dor de amor, ao nascimento, à morte, ao ovo, à palavra, ao tempo e lá vai. Ao começar essa brincadeira, que a gente esteja preparada para errar, porque é o erro muitas vezes o nosso caminho. Errar com a alegria de um brincante que ainda acredita na poesia, no afeto e na vida humana compartilhada; com a alegria de quem não cansa de se perguntar: quem nasce primeiro, o ovo ou a galinha? Essa peça é antes de tudo uma pergunta, cuja resposta é o menos importante.

Confira a programação do projeto:

Apresentações teatrais:

Dia 10/06 – São José

Dias 11, 12, 13 e 14/06 – Florianópolis

Dia 17/06 – Faxinalzinho

Dias 18 e 19/06 – Nonoai

Dias 20 e 21/06 – Erval Grande

Dia 24/06 – Santo Amaro da Imperatriz

Dia 25/06 – Águas Mornas

Dia 26/06 – São Pedro de Alcântara

Oficinas de Escrita Criativa:

Dias 1 e 02/07 – São José

Dia 03/07 – Florianópolis

Ficha técnica:

Dramaturgia: Marina Monteiro

Direção: Loren Fischer

Elenco: Marina Monteiro e Loren Fischer

Figurinos e Adereços: Adriana Bernardes

Cenografia: Carlos Eduardo Martins

Trilha Sonora: Carlos Roberto Jr.

Identidade Visual: Paula Albuquerque

Assessoria de Imprensa: Karoline Gonçalves e Maikeli Alves

Produção Executiva: Marina Monteiro

Direção de Produção: Raquel Stüpp

Assistente de Produção: Nataly Delacour

Foto: Bruno Ropelato