Espetáculo gratuito da Orquestra de Cordas da Ilha

Com acesso gratuito, o início da temporada de 2024 da Orquestra de Cordas da Ilha ocorrerá neste sábado (dia 17) em São José, no Centro Multiuso (Teatro Hermelinda Izabel Merize) com o concerto “Entre Sinfonias”, reunindo Vivaldi, Bottesini, Mozart e Mendelssohn. A programação traz boas surpresas para o público, com três dos quatro compositores bem conhecidos, mas justamente deles, as obras escolhidas são as que mostram fases menos habituais na execução.

DIVERSIDADE

Observa Paulo Mattos, diretor da orquestra, que não é comum associar o nome de Vivaldi às sinfonias, “mas a verdade é que ele  foi um precursor nesse gênero, e nos últimos anos de sua vida compôs sinfonias  que exploram as tendências de estilo que se tornariam a base do período clássico”. De Mozart à fuga, estilo onipresente no barroco que caracteriza o compositor, a Orquestra de Cordas da Ilha apresentará “uma obra prima com pensamentos musicais mais complexos”. De Mendelssohn, um dos grandes compositores do período romântico, a programação inclui uma sinfonia do período em que ele estava explorando suas imensas capacidades musicais. “Ele tinga 12 anos quando escreveu esta sinfonia para cordas”, exclama Paulo Mattos.

Do compositor Giovanni Bottesini, de todos o menos conhecido do  programa, o público poderá apreciar a maior surpresa do concerto durante a execução do contrabaixo. “Não são muitas as pessoas que têm a oportunidade de escutar um contrabaixo como instrumento solista, saindo do seu papel de base do acompanhamento para mostrar qualidades líricas e virtuosísticas como um violino” salienta o diretor.

Bottesini é considerado o Paganini do contrabaixo, compositor de amplos horizontes,  escreveu  óperas e música de câmara, além de obras para o instrumento. Uma das mais célebres  é o segundo concerto para contrabaixo e orquestra que a Orquestra de Cordas da Ilha apresenta junto ao solista Gustavo Fontes.  Ele é de Florianópolis, diplomou-se em música pela Universidade de São Paulo sob orientação instrumental de Henrique Autran Dourado, tendo recebido Láurea por Excelência Acadêmica das mãos de seu reitor. É duplamente pós-graduado em contrabaixo, como bolsista da Fundação Vitae, em Mannheim e Colônia, Alemanha, nos cursos Konzertexamen, sob orientação de Christoph Schmidt, e Orchesterexamen,com orientação de Veit-Peter Schüssler.

SERVIÇO

Data: 17/02

Local: Centro Multiuso (Teatro Hermelinda Izabel Merize)

Quem: Orquestra de Cordas da Ilha, concerto “Entre Sinfonias”

Programa: Antonio Vivaldi – Sinfonia em Sol maior RV 149

 Giovanni Bottesini – Concerto n° 2 em Si menor, para contrabaixo e orquestra

Wolfgang Amadeus Mozart – Adagio e fuga

 Felix Mendelssohn –Sinfonia VII  em Re menor

Entrada gratuita: interessados devem retirar ingressos em www.sympla.com.br

foto divulgação