Defesa Civil mantém previsão de chuva intensa e volumosa nesta sexta

As últimas 48 horas foram marcadas por fortes chuvas em Santa Catarina, em especial entre o Meio-Oeste e o Litoral Sul, onde a chuva ocorreu, por vezes, acompanhada de temporais, raios e rajadas de vento. Na sexta, 3, a frente fria, agora associada a um sistema de baixa pressão no Paraguai, mantém o tempo instável e com chuva em SC, que permanece ocorrendo de forma mais persistente e intensa do centro ao sul do estado, sobretudo nas áreas próximas da divisa com o RS, o que resulta em volumes acumulados maiores nessas regiões.

Por alguns momentos, a chuva ocorre na forma de temporais com raios, rajadas de vento e com chance de granizo. O risco é alto a muito alto para ocorrências associadas a alagamentos, enxurradas, deslizamentos, inundações, vendavais e queda de granizo. O vento predomina do quadrante norte no interior do estado, com fraca intensidade e de sul/sudeste no Litoral com rajadas de até 55 km/h. As temperaturas máximas oscilam entre 19 e 24°C do Extremo Oeste ao Litoral Sul e entre 22 e 26°C no Planalto Norte e Litoral Norte.

Vol

umes registrados

De acordo com a equipe de Monitoramento e Alerta da Secretaria da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina (SDC), Piratuba e Capinzal foram os municípios que registraram os maiores acumulados de precipitação. Nas últimas 48 horas os volumes ultrapassaram a casa dos 200 mm, deixando os municípios em alerta máximo. Também foram emitidos alertas para Itá e Concórdia. Os dois municípios registraram mais de 160 mm de precipitação. O município de Ipira também registrou fortes precipitações e tem uma pessoa desaparecida, um idoso de 61 anos. Municípios como Campos Novos, Herval Velho, Ouro, Concórdia e Ponte Serrada, estão em atenção.

A região do Litoral Sul também entrou em alerta, tendo o município de Praia Grande registrando 155 mm de chuva nas últimas 48 horas, alcançando o dobro da média histórica para todo o mês de maio. No Planalto Sul houve vendavais e destelhamentos, deixando a região em observação.

Orientações à população

Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas locais nas redes oficiais da SDC (@defesacivilsc)
Não trafegue em áreas sujeitas a alagamentos;
Não transite em pontes ou pontilhões submersos;
Cuidado redobrado com crianças próximas a rios ou ribeirões;
Reforce a segurança em telhados e estruturas que possam ser afetadas por ventos fortes;
Evite atividades ao ar livre durante temporais e busque local abrigado;
Fique atento a inclinação de postes e árvores;
Fique atento aos movimentos de terra ou rochas próximas a sua residência;
Fique atento a rachaduras em muros e paredes.

Sempre que necessário, ligue 99 para Defesa Civil, 193 para o Corpo de Bombeiros Militar e 90 para a Polícia Militar

Por João Eduardo | SECOM
Foto: Ricardo Trida / SECOM