Defesa Civil de SC monitora registro de ocorrências e altos volumes

O governador Jorginho Mello esteve na sede da Secretaria da Proteção e Defesa Civil neste sábado, 18, para atualizar as informações junto ao secretário Fabiano de Souza sobre as chuvas que atingem Santa Catarina. O governador acompanhou com os técnicos da pasta os últimos dados sobre os volumes e as ocorrências nos municípios. Rio do Sul registrou alagamentos em alguns bairros e já providenciou abertura de abrigos. A partir deste domingo, 19, a previsão de tempo indica uma diminuição de intensidade.

“Estou aqui acompanhando os modelos meteorológicos que fazem as previsões, estamos monitorando as chuvas e identificando os maiores volumes para que possamos avisar e proteger a nossa população. Isso faz parte da proteção que queremos oferecer às pessoas. Quero parabenizar mais uma vez a equipe da Proteção e Defesa Civil, comandada pelo coronel Fabiano de Souza, pois é uma equipe dedicada, inteligente e está preparada para avisar com antecedência sobre o que vai acontecer”, enfatizou o governador.

De acordo com o Monitoramento Meteorológico da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina, a tarde deste sábado, 18, foi de chuva em todas as regiões, ocorrendo com maior intensidade entre o Meio-Oeste, Planalto Sul e trechos do Alto e Médio Vale do Itajaí, Litoral Sul e Grande Florianópolis.

Nas últimas 24 horas os maiores acumulados ficaram em 166.7 mm em Vidal Ramos, 144.5 mm em Rio do Sul, 144.3 mm em Lontras e 142.2 mm em Botuverá. A tendência é que até o final da madrugada os acumulados nas regiões superem volumes de 30 mm a 50 mm, podendo ser maiores. Confira abaixo os acumulados de precipitação:

Ocorrências nos municípios

Desde a última quinta-feira, 16, a equipe da Diretoria de Gestão de Desastres da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina (SDC) monitora a aproximação de chuvas persistentes e volumosas, apresentando risco moderado a alto de ocorrências associadas a alagamentos, enxurradas, enchentes, deslizamentos e inundações.

Rio do Sul: município registra alagamentos pontuais. Há informações de transbordamento de ribeirão nos bairros Barra do Trombudo, Taboão, Valada São Paulo, Ribeirão do Tigre e Ribeirão Matador. Os bairros mais atingidos por alagamentos até o momento foram: Santa Rita, Canoas, Bela Aliança e Taboão. Houve uma queda de muro no Bairro Barragem colocando uma residência em risco. Até o momento seis abrigos foram abertos. Confira abaixo os abrigos abertos:

– Salão da igreja da comunidade Nossa Senhora do Rosário, no bairro Taboão;

– Salão da igreja da comunidade São Sebastião, no bairro Bela Aliança;

– Salão da comunidade evangélica Luterana, no bairro Bela Aliança;

– Sociedade Atiradores, no bairro Bela Aliança;

– Sede do Lions Clube, no bairro Progresso;

– Salão da comunidade São José Operário, no bairro Laranjeiras.

                                                   Foto: Prefeitura de Rio do Sul

Florianópolis: As chuvas da madrugada deste sábado, 18, alagaram a obra de um hotel no bairro de Canasvieiras, causando danos no muro de divisa entre edificações e vazamento de gás. Os Bombeiros Militares foram acionados e as pessoas que estavam no hotel foram realocadas em outro local pelo proprietário, sem maiores danos.

Blumenau: informa ocorrências pontuais, como queda de árvores e alagamentos devido um entupimento na rede pluvial.

Apiúna: Com as chuvas deste sábado, houve registro de queda de barreira em uma residência, sem feridos. A residência foi evacuada. Há também registro de alagamento de duas estradas no interior do município.

Botuverá: informações sobre queda de barreiras e alagamentos.

Previsão de tempo

Nas próximas horas, especialmente entre a noite de sábado, 18, e madrugada de domingo, 19, a frente estacionária deve avançar para Norte como frente fria. Assim as chuvas ocorrem de forma moderada a forte em áreas do Centro e Norte de Santa Catarina, incluindo Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Planalto Norte e Litoral Norte. O risco é moderado a alto para ocorrências associadas a alagamentos, enxurradas e deslizamentos.

As temperaturas seguem baixas, variando entre 5°C e 12°C na Serra e entre 10°C e 16°C na maioria das regiões, com exceção de pontos do Meio-Oeste e Planalto Norte, onde variam entre 15°C e 18°C. Os ventos apresentam fraca intensidade, sem direção predominante.

A partir do final da madrugada de domingo, 19, a frente fria se afasta em direção ao Paraná e ao oceano, a chuva então perde intensidade. O céu permanece fechado no período da manhã e não se descarta a possibilidade de chuva fraca ou garoa principalmente nas regiões entre o Vale do Itajaí, o Litoral Norte e a região da Grande Florianópolis. Já na segunda-feira, 20, a previsão é de sol e tempo firme em todas as regiões catarinenses.

Figura 1:  Imagem da composição dos radares meteorológicos de SC às 17h20 – Fonte: SDC

Condições hidrológicas

Ao longo da tarde deste sábado, 18, os rios apresentaram elevação nas bacias hidrográficas dos rios Itajaí-Açu, Itajaí-Mirim e Tijucas, devido aos grandes volumes de chuva registrados. Na região do Alto Vale do Itajaí, o nível do rio em Rio do Sul atingiu nível de emergência esta tarde, devendo seguir em elevação gradual ao longo das próximas horas, assim como nos demais municípios da região.

Na bacia do rio Itajaí-Mirim, o nível no município de Vidal Ramos segue em elevação, em nível de atenção. Na região de Brusque, o nível apresenta estabilidade, porém deve voltar a apresentar elevação nas próximas horas. Quanto à bacia hidrográfica do rio Tijucas, o nível do rio no município de São João Batista, deve seguir em elevação gradual ao longo das próximas horas, devido a vazão de montante. Já no município de Nova Trento, o rio atingiu nível próximo a 4 metros e apresenta tendência de recessão ao longo da tarde.

Figura 2:  Tabela atualizada com os níveis dos rios às 17h.  Fonte: SDC.

Recomendações para a população

  • Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas locais nas redes oficiais da SDC;
  • Não trafegue em áreas sujeitas a alagamentos;
  • Não transite em pontes ou pontilhões submersos;
  • Cuidado redobrado com crianças próximas a rios ou ribeirões;
  • Reforce a segurança em telhados e estruturas que possam ser afetadas por ventos fortes;
  • Evite atividades ao ar livre durante temporais e busque local abrigado;
  • Fique atento a inclinação de postes e árvores;
  • Fique atento aos movimentos de terra ou rochas próximas a sua residência;
  • Fique atento a rachaduras em muros e paredes.

Avisos e Alertas da SDC

A Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina reitera a necessidade de acompanhar diariamente os avisos e boletins devido às constantes atualizações nos modelos de previsão do tempo.

Para receber os avisos e alertas da Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina por SMS, cadastre-se com seu celular. Basta enviar o CEP de sua cidade ou da localidade que deseja monitorar (com ou sem hífen ou espaço) por SMS para o número 40199.

Para inserir mais de um CEP a ser monitorado, basta repetir o procedimento. Além disso, acompanhe diariamente os avisos e boletins de previsão do tempo devido às atualizações nos modelos meteorológicos no site www.defesacivil.sc.gov.br

Por ASCOM | SDC

Foto: Grasiele Aguiar / SDC