Vinhos ganham mais espaço na mesa do consumidor com a queda da temperatura

Basta a chegada do clima ameno que os hábitos alimentares mudam para grande parte da população. A cultura da alimentação mais leve e bebidas refrescantes no período quente abre espaço para pratos mais potencializados, como massas, carnes e sopas, a fim de um cardápio que aqueça o corpo e dê mais energia durante os dias de frio. Assim como o alimento posto na mesa, as bebidas também mudam. A temporada de outono e inverno é associada ao maior consumo de vinho, principalmente os tintos, seja pela questão do teor alcoólico ser um pouco maior do que o das cervejas, por exemplo, como também pelo glamour e pela temperatura em que a bebida é servida.

“Com a mudança de temperatura as pessoas procuram comidas de ‘conforto’ e nada melhor para harmonizar com esse tipo de alimentação do que com um vinho tinto. Seja um tinto leve ou mais encorpado”, relata Raphael Zanette, diretor do Grupo Vino, que possui 06 wine bars, nas cidades de São Paulo, Curitiba e Florianópolis. Neste ano, por conta da pandemia, o consumo de vinho no Brasil cresceu 18,4%, segundo relatório divulgado em Paris no mês passado pela Organização Internacional do Vinho, este aumento na demanda é o maior deste 2000.

As unidades do Vino! contam com uma curadoria cuidadosa na seleção dos vinhos. “Respeitamos e admiramos os vinhos das grandes indústrias, mas no Vino! nossa ênfase é nos pequenos produtores artesanais”, conta Zanette. Nas lojas do Vino! são servidas variadas opções de vinhos em taça para a experimentação dos clientes. “Apresentamos não uma seleção de “líquidos” engarrafados, mas de pessoas, famílias, histórias e culturas, que se expressam por meio dos seus vinhos”, ressalta o empresário.

Atualmente as lojas abrigam em suas prateleiras uma média de 400 rótulos diferentes, de 14 países.

Vino! Floripa – Florianópolis Avenida Mauro Ramos 1512. Fone: 3063 2702. Aberto todos os dias das 12h às 22h. www.winebarvino.com.br