Cia Grito traz a magia da Disney para Florianópolis

O musical Rapunzel será apresentado dia 2 de novembro (sábado), em duas sessões, no Teatro do CIC, com passagem de tempo feita diante do público, quando a personagem criança se torna adolescente. 

Mais uma superprodução da Cia Grito irá encantar adultos e crianças no Teatro Ademir Rosa, dia 2 de novembro, às 17h e 20h, na Capital. O musical Rapunzel, adaptação do filme Enrolados, grande sucesso da Disney, contará a história de uma princesa com cabelos mágicos que é raptada ainda criança por uma bruxa. Ela é criada presa no alto de uma torre e sonha em ver de perto as luzes brilhantes que surgem todos os anos no céu, no dia do seu aniversário. Rapunzel tem a chance de realizar o sonho e viver uma grande aventura quando, dias antes de completar 18 anos, Flyn Raider, um ladrão atrapalhado, invade sua casa e vira refém da curiosa jovem.

Para contar esta história, mais de 30 artistas estarão no palco e, nos bastidores, o trabalho também é intenso. São aproximadamente 50 pessoas comprometidas para que a mágica do espetáculo aconteça. A preparação começou quatro meses antes da estreia em Florianópolis, período em que atores e diretores estiveram envolvidos com produção de figurinos, de cenário e ensaios para levar ao público o Reino de Corona, onde vive Rapunzel. 

“Os figurinos dos protagonistas e parte das criações que foram confeccionadas são assinados por Mell Schappo, que também faz parte do elenco”, explica Gabriel Ubirajara, ator e diretor da Cia Grito e que divide a direção da peça com a também atriz e namorada, Carol Marcílio.

Para trazer mais realismo ao espetáculo, algumas mudanças no cenário foram feitas em relação às últimas peças apresentadas pela companhia. Entram mais objetos em cena e diminui a quantidade de projeções no palco.

Curiosidades – Além das alterações na construção do cenário, algumas outras curiosidades fazem parte de Rapunzel, como o fato da protagonista da peça, a atriz Renata Rodrigues, usar uma peruca de 1,5m e de parte das músicas serem composições próprias da companhia. 

Mas uma das mudanças mais surpreendentes feitas pela direção da peça foi em relação a escolha da atriz que interpreta a bruxa Ghotel. No filme da Disney ela é uma mulher branca, já na peça, a vilã será interpretada pela atriz Negra Lu. 

“Priorizamos trazer esta representatividade para o palco em uma história que é predominantemente composta por personagens brancos”, explicou Gabriel Ubirajara.

A Cia Grito de Teatro – Pioneira em Santa Catarina no teatro musical, a Cia Grito, este ano, comemora 14 anos de existência e foi considerada por duas vezes consecutivas a melhor companhia de teatro do Estado pelo Sindicato de Artistas (Sated/SC). Durante sua trajetória, a Grito já preparou para o mercado mais de 200 artistas, entre cantores, bailarinos, atores, influenciadores digitais, diretores e produtores culturais.

Ficha técnica:

Gabriel Ubirajara – Direção Geral e Produção Artística
Carol Marcilio – Co-Direção 

Jamil Vigano – Preparador de Elenco

Sidarta Corrêa – Direção Musical

Jéssica Daussen – Co-Direção Musical

Felipe Dutra – Produção Executiva 

Mell Schappo – Figurinos 

Gabriel Ubirajara – Coreografias

Lívia Erthal – Maquiagens

Gabriel Velasques – Técnico de Iluminação

Heitor Bittencourt – Técnico de Sonorização

Serviço:

O quê: RAPUNZEL – O Musical;

Quando: 02 de novembro (sábado), às 17h e 20h;

Local: Teatro Ademir Rosa (CIC) – Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica;

Ingressos: à venda no Sympla (https://bit.ly/rapunzelomusical) e na bilheteria do teatro. R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada). Classificação livre. 

Crédito de fotos: Angela Carrera e Arthur Moraes